O QUE PODEMOS FAZER PARA MELHORAR O SONO DAS CRIANÇAS?

Compartilhe nas Redes Sociais e WhatsApp

O sono da criança é fundamental para seu desenvolvimento. Pais e responsáveis! Fiquem atentos à qualidade do sono de suas crianças!

  • Por que o sono é importante para o desenvolvimento da criança?

Nossos pais e avós já diziam que criança que não dorme, não cresce! E é verdade! Para o bom desenvolvimento da criança, o sono é uma das etapas primordiais!

Durante o sono nosso cérebro libera substâncias importantes para o crescimento, para a aprendizagem.

Durante o sono, aquilo que aprendemos durante o dia é armazenado e pode ser facilmente recordado quando necessário.

  • Qual é o tempo ideal de sono para a criança?

Cada faixa etária tem exigências, demandas diferentes de sono. É importante respeitar a necessidade de sono de cada uma delas, levando-se em consideração também o contexto em que a criança está inserida: se já vai para a escola, se a escola tem a hora do soninho, etc.

  • Quanto tempo uma criança deve dormir por dia?

À medida que a criança cresce e se desenvolve, a demanda de sono diminui. Mas geralmente os especialistas tem a seguinte recomendação por noite:

Recém-nascidos (0-3 meses): o ideal é dormir entre 14 a 17 horas por dia.

Bebês (4-11 meses): Recomenda-se que o sono dure entre 12 e 15 horas.

Crianças pequenas (1-2): É recomendável que o descanso dure entre 11 e 14 horas.

Crianças em idade pré-escolar (3-5): 10-13 horas é o mais apropriado.

Crianças em idade escolar (6-13): o aconselhável é dormir entre 9 e 11 horas.

  • O sono do dia compensa o sono da noite?

 

Não. O sono do dia não compensa o sono da noite. Há crianças que invertem o ciclo do sono dormindo mais durante o dia e ficando alertas e acordadas durante a noite. Isto pode deixa-las mais irritadas e agitadas.

As famílias precisam organizar a rotina de sono de suas crianças, ajustada às suas idades, a fim de favorecer o desenvolvimento da criança.

  • O que podemos fazer para melhorar a qualidade de sono da criança?

Podemos utilizar algumas estratégias simples para favorecer a boa qualidade de sono às crianças. As estratégias viram hábitos e tornam mais fácil a rotina familiar:

  • Devemos ter regras claras e rotina de sono em casa: deve haver hora de dormir e de acordar;
  • Um banho antes de dormir sempre ajuda a criança a relaxar e a se acalmar;
  • Certifique-se de que a criança não está com fome, dores, incômodos antes de colocá-la para dormir: caso a criança apresente algum incômodo, resolva antes de colocá-la na cama;
  • Lugar de criança dormir é na caminha ou berço dela! Além de ser perigoso para a criança dormir na cama dos pais (risco de queda, sufocamento, etc.) pode também ser difícil, no futuro, fazer o desmame da cama dos pais: ensine sua criança que dormir é um hábito saudável e necessário para sua saúde e também para sua autonomia;
  • Evite combinações pouco eficazes para a criança dormir: assistir à TV até dormir, brincar no Tablet ou celular até o sono chegar, brincar exaustivamente até dormir, etc. O sono precisa de tranquilidade e ambiente propício para acontecer com qualidade;
  • Ensine sua criança, desde cedo, a dormir no escuro: durante a noite nosso cérebro libera substâncias importantes que sob exposição à luz ficam prejudicadas;
  • Não transfira seus próprios medos às suas crianças: não existem bruxas, gnomos, monstros e outras figuras que assombram o sono das crianças; o sono é uma parte necessária do nosso dia e deve ser tratada com mais funcionalidade;
  • Criança não precisa de remédio para dormir, salvo aquelas condições acompanhadas pelo médico da criança. Cuidado com uso indevido de medicações!
  • Crie em sua criança a autonomia e a independência desde cedo: de acordo com a idade da criança, estabeleça a rotina de cuidados com sono para eu ela mesma cuide (p. ex. arrumar a própria cama, organizar o quarto e objetos antes de dormir, deitar-se e fazer suas orações, dormir sozinha, etc.
  • Criança não é adulto! Cuidado com a estimulação excessiva e privação de sono que podem trazer sérios transtornos à vida da criança.

Valeska Magierek (formada em Psicologia pela UFSJ, com especialização em Neuropsicologia pela FUMEC e mestrado em Psicobiologia na Escola Paulista de Medicina (UNIFESP); atua há mais de 20 anos na área de Psicologia Infantil e Neuropsicologia; é coordenadora clínica do Centro AMA de Desenvolvimento em Barbacena.